Noticias - PlanetaNews
PlanetaNews
Sexta, 22 de janeiro de 2021
Ola Mundo!

Radio

  ●Planetanews●  
+Baguetes

Série 'Julie e os Fantasmas' ganha versão americana, e diretor fala em unir elencos

Kenny Ortega elogia produção brasileira: 'Sem eles, não existiríamos'

Madison Reyes e Charlie Gillespie na série 'Julie and the Phantoms'

Madison Reyes e Charlie Gillespie na série 'Julie and the Phantoms' Kailey Schwerman/Netflix

São Paulo

Garota introvertida libera os fantasmas de três roqueiros adolescentes que estavam presos dentro de um vinil e eles formam uma banda. Essa é a premissa básica de "Julie e os Fantasmas", série brasileira que acaba de ganhar uma adaptação americana na Netflix.

Com alguns ajustes (o vinil agora é um CD, por exemplo), mas com o mesmo espírito do original, "Julie and the Phantoms" estreou na última quinta-feira (10) e traz nos créditos os nomes dos criadores Fabio Danesi, Paula Knudsen e Tiago Mello, além da produtora brasileira Mixer.

O diretor Kenny Ortega, conhecido por sucessos como "High School Musical" (2006), diz que os brasileiros não se envolveram no processo criativo, mas foram fundamentais em todo o processo. "Eles nos deram todo o apoio e a confiança", afirmou em entrevista ao F5. "E nos deram liberdade completa para viajar para novos lugares com a história."

"Julie e os Fantasmas" foi exibida na Band e no Nickelodeon entre 2011 e 2012. Sucesso com o público infanto-juvenil, a série chegou a ser indicada ao Emmy Kids, premiação dedicada a trabalhos voltados para essa faixa de idade.

Ortega contou que a ideia de fazer uma nova versão partiu do produtor executivo George Salinas e chegou até ele por meio de seus agentes. "E eu amei! Vi um pouco dos primeiros episódios e amei as histórias, a energia e o espírito da série", afirmou.

Voltar

InícioInício

Copyright © 2021 PlanetaNews
Contato Programador WhatsApp